O que esperar do Marketing Digital em 2019?

O que esperar do Marketing Digital em 2019?

1024 682 Lívia Nobre
  • 0

Nos últimos anos, o Marketing Digital vem crescendo exponencialmente em todos os sentidos. No Brasil, os investimentos em publicidade online já são um terço do total do setor. Em 2017, por exemplo, a publicidade online no país cresceu 25,4% em relação ao ano anterior. O investimento em mídias digitais ainda deve crescer 12% ao ano até 2021. Estes dados do IAB Brasil mostram que o mercado está aquecido, os profissionais estão  mais especializados. Não restam dúvidas de que empresas que ainda não têm uma estratégia digital estão ficando para trás.

Criar uma lista de tendências para uma área que não para de crescer é um desafio. Selecionamos as principais tendências em marketing digital para 2019.

  • Pesquisas por voz
  • Machine Learning e Inteligência Artificial
  • Mídia Programática
  • Realidade Virtual e aumentada
  • Conteúdos pensados para os micro-momentos
  • Tendências de 2018 que continuam para 2019

Pesquisas por voz

Segundo a estimativa da ComScore, metade de todas as consultas nos mecanismos de busca será realizada por voz até 2020. Por enquanto, as pessoas só enxergam utilidade nas mensagens de áudio quando estão se locomovendo ou com uma das mãos ocupadas.  Em breve, estaremos falando em vez de digitar em nossas pesquisas usuais. Para as marcas, fica o desafio de pensar em como atrair o público ao pensar nas diferenças entre pesquisas de voz e texto.

Machine Learning e Inteligência Artificial

Machine Learning e Inteligência Artificial estão há alguns anos ajudando a aprimorar chatbots, melhorando a eficácia de processos e aumentando a produtividade. Em 2018 algumas marcas experimentaram ações com inteligência artificial e em 2019 essa modalidade vai ser intensificada.  Com inteligência artificial é possível ter uma melhor análise de comportamento e público. Desta forma, é possível criar estratégias cada vez mais centradas no cliente.

O Google disponibilizou um curso digital gratuito de machine learning para desenvolvedores em inglês.

Mídia Programática

Com tanta concorrência, o ideal é impactar o público certo na hora certa. Com a mídia programática, as chances de acertar são maiores. A compra de mídia é feita através de plataformas online com pouco ou nenhum intermédio entre anunciante e publisher. Em vez de tentar atingir uma audiência presumida, é possível comprar diretamente o perfil do público desejado.

Os números comprovam que a modalidade é tendência para o futuro: respondeu por um quarto do faturamento do digital (22,5%) e cresceu 74% em 2017, segundo o IAB.

A compra de mídia programática ainda não está totalmente consolidada no Brasil, deixando para 2019 uma fase de amadurecimento e consolidação.

Realidade Virtual e Aumentada

Ações com RA e RV não precisam ficar só no mundo dos games e do entretenimento. Essa tendência tem tudo para conquistar grandes audiências, se as marcas souberem usar com assertividade para proporcionar experiências ao consumidor.

Conteúdos pensados para os micro-momentos

Depois dos smartphones, é difícil pensarmos em saber ou querer alguma coisa sem antes fazer uma pequena pesquisa na internet. Para definir estes momentos em que há a demanda do usuário por algo específico e a pesquisa, o Google criou o conceito de micro-momentos.

Este vídeo explica melhor sobre os micro-momentos

Segundo o Google, cada pessoa tem em média 150 micro-momentos por dia e é esperado que isso se intensifique em 2019, especialmente em decisões mais simples como onde comer hoje ou qual passeio fazer. O desafio para as empresas é saber qual tipo de micro-momento será satisfeito pelos seus produtos e montar estratégias para aproveitar essas oportunidades.

O que foi tendência em 2018 e continua em 2019?

Chatbots: a principal tendência de 2018 veio para ficar. Os Chatbots estão cada vez mais inteligentes e ajudam a otimizar o processo de atendimento ao cliente.

Influencers: os influenciadores podem trazer mais notoriedade ao seu negócio, por isso, muitas marcas lançaram mão dessa estratégia sem muita preocupação em que tipo de influenciador convocar ou como essas ações poderiam repercutir. Para 2019, a tendência é escolher os influenciadores por atitudes que transmitam os valores da marca, ter maior identificação entre influenciador e produto e relações mais seguras entre as duas partes.

Vídeos e Lives: Os conteúdos de vídeo já dominam na rede. Fundamentais para trabalhos de branding e fidelização, ajudam a dar uma cara e personalidade à marca. Segundo estimativas da Cisco, o vídeo representou cerca de 79% de todo o tráfego global em 2018.

Vídeos verticais: Stories no Instagram, no Facebook, no Whatsapp, a possibilidade de gravar qualquer coisa com o celular favorecem a criação de conteúdo no formato vertical, que ficará mais forte em 2019.

Business Intelligence: coletar, analisar e monitorar dados para tomada de decisão e ação sempre foi tendência por aqui e muitas empresas estão se dando conta de que precisam construir um sólido banco de dados para ter mais assertividade em suas ações. Relatórios bem elaborados, com análises qualitativas continuam na moda em 2019.

 

Outra tendências que se repete de um ano para o outro em Marketing Digital é o aperfeiçoamento profissional.

Para começar o ano com mais conhecimento, acesse nossa lista com 30 cursos gratuitos em Marketing Digital.

Conheça também os cursos de Marketing Digital com Inteligência de Dados da Avantare LAB. Em breve, novas turmas em 2019.

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado.