Ciclo de relacionamento: direcione o conteúdo e ative redes sociais

gestão de rede social

Ciclo de relacionamento: direcione o conteúdo e ative redes sociais

1024 266 avantare
  • 0

Imagine ser responsável pela gestão de rede social de uma empresa ou serviço a partir de um site, envolvendo um público de quatro setores diferentes (governo, empresários, ONGs e comunidade), habitante de 15 municípios? Nos deparamos com esse desafio no site do projeto Agenda 21 Comperj, um dos maiores trabalhos de relacionamento promovidos pela Petrobras, que fomenta o desenvolvimento sustentável na região de influência do maior investimento único da história do país: o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj).

Em casos como este, é preciso definir uma estratégia de relacionamento com o público-alvo que direcione o conteúdo – segmentado, porém capaz de atender aos diversos públicos do site e ter relevância na rotina dos mesmos – e a operação do canal. Apostamos no modelo ACCR: atração, conquista, conversão e relacionamento, uma variação do conhecido modelo AIDA (atenção, interesse, desejo e ação). E o mais interessante em adotar esse ciclo foi conseguir transformar críticas em colaboração.

O cenário inicial era o seguinte: o público já conhecia o projeto e já realizava ações offline. Como convencê-lo a se relacionar no meio online? Esse é o momento da atração e é preciso dizer ao usuário: “eu tenho o que você precisa”. A estratégia foi:

  • Falar diretamente com o público, criando uma aproximação entre o mesmo e a equipe do site;
  • Realizar apresentações presenciais, abrindo espaço para perguntas e comentários;
  • Divulgar o site em espaços/canais já utilizados pelo público-alvo.

 

Mas, como o que temos a oferecer será útil e resolverá os problemas dos usuários? Somente depois de responder a essa pergunta foi possível conquistar o público, através de ações como:

  • Mapeamento do uso da internet nos municípios e setores envolvidos no projeto;
  • Colocando-se no lugar do usuário e entendendo o trabalho realizado por ele;
  • Direcionando e atribuindo relevância ao conteúdo do site;
  • Gerando expectativa no público, através da surpresa e do ineditismo do canal;
  • Focando mais nos benefícios do que nas características do site.

 

Etapa superada, o público compreendeu a relevância da iniciativa, mas como fazer com que o site atinja o seu objetivo? Esta é a segunda fase do ciclo, isto é, a interação do público com o canal. No projeto Agenda 21 Comperj algumas ações foram fundamentais para atingir a conversão:

  • Ver feedbacks negativos como ideias, envolvendo os usuários nas ações de melhoria do site;
  • Criação de ferramentas interativas de acordo com o perfil do público;
  • Capacitação para o uso do site;
  • Deixar a equipe do site à disposição para suportes necessários;
  • Dedicação para que o site seja um facilitador e não um estorvo para quem participa do projeto.

 

Atualmente, o site Agenda 21 Comperj está na etapa do relacionamento, que culmina com a operação do canal. O desafio é manter a participação efetiva do público, que é tanto receptor quanto emissor e transformou o site em um ambiente colaborativo. Mas, como isso é possível?

  • Promovendo ações interativas nos canais que disponibilizamos no site;
  • Enviando boletins periódicos de notícias sobre o projeto e novidades do site;
  • Envolvendo o público no teste e lançamento de conteúdos e funcionalidades;
  • Mostrando que a opinião do usuário é capaz de direcionar o conteúdo e os recursos do canal;
  • Mantendo a preocupação de continuar surpreendendo o público.

 

Leia também:

Como Priorizar Iniciativas Operacionais

Portal do Marketing – O Modelo Aida

Changing Minds – Method Aida

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado.